LA FONTAINE, Jean de (1621-1695)

CONTES ET NOUVELLES EN VERS, PAR M. DE LA FONTAINE.

Amsterdam: [Paris: David Jeune], 1762
175 mm
2 volumes: XIV, [2], 268, [2] p.; [2], VIII, [2], 306, [2], 16, [1, 1 br.] Encadernações inteiras
de marroquim vermelho, a ferros nas pastas e na lombada, dividida em seis caixas de
tamanho igual e uma caixa final de tamanho mais pequeno e cinco nervos. A segunda
caixa apresenta o título e a sétima identifica o ano e o local da edição; as restantes são
decoradas a ferros soltos, bem como o corte das pastas e as seixas, ornamentadas a
rodas. Guardas duplas com papel de fantasia. Ex-líbris nos dois volumes. Corte das
folhas inteiramente brunido a ouro.
Exemplares cuidados e muito estimados, apenas com uma pequena mordedura no
pé dos planos da encadernação do primeiro tomo e dois riscos (fricção) no plano do
segundo volume. Vestígios de cola e papel no reverso da guarda do primeiro tomo,
provavelmente de um recorte de jornal ou um ex-líbris. Ainda no primeiro volume,
inscrições a lápis remetendo para a localização de três das gravuras. Inscrições
várias nas guardas dos dois volumes. Muito raramente, um pico de acidez isolado.
Consolidação antiga de uma fenda nas pp. 215/216 do segundo tomo e a natural e
expectável transferência ligeira de oxidação das gravuras para a página que prossegue
ou antecede cada uma das ilustrações.
Cohen-de Ricci, 558
Rochambeau, 78.

€ 3800.00

Add to basket

Edição de 1762 dos contos de La Fontaine, conhecida
como a “Édition des Fermiers Généraux”. Segundo Cohen-de Ricci, “de todos os livros
ilustrados do século XVIII, esta edição dos contos de La Fontaine, dita dos Fermiers
Généraux (...) é aquela cujo conjunto é o mais belo e o mais agradável. É, em suma,
a obra-prima de Eisen”, reputada pela sua qualidade bibliófila e a excelência das
ilustrações.
De salientar que este exemplar apresenta as gravuras Lunettes, Bât e Roussignol com
a nudez a descoberto e as gravuras Cas de Conscience e Diable de Papefiguière com a
nudez coberta. Jacques-Charles Brunet, no seu Manuel du Libraire et de l’Amateur de
Livres, já referia que apesar de ser comum fazer a atribuição da primeira tiragem desta
obra pela nudez visível nestas duas gravuras, era evidente que havia exemplares da
primeira tiragem sem todas as gravuras a descoberto e impressões tardias com a nudez
visível.
Ilustrado com dois retratos gravados por Ficquet a partir das obras de Rigaud e Vispré,
Mais de 80 ilustrações de página inteira, gravadas por Aliamet, Baquoy, Choffard,
Delafosse e outros, a partir dos desenhos de Eisen. Vinhetas ao longo do texto, da
autoria de Choffard.
Este exemplar integrou a biblioteca de Henri Lambert, advogado de Versalhes, como
atestam os seus ex-líbris.

Exemplares: Bibliothèque d’Art et d’Archéologie; Institut National d’Histoire de l’Art,
Collections Jean Doucet.

€ 3800.00

Add to basket