BISACCIONI, Maiolino (1582-1663)

DELLE HISTORIE MEMORABILI DE NOSTRI TEMPI

BISACCIONI, Maiolino (1582-1663)

DELLE HISTORIE MEMORABILI DE NOSTRI TEMPI, CHE CONTENGONO LE GUERRE DI GERMANIA, DALLA MOSSA DEL RÈ DI SUETIA DOPPÒ LA PACE DI LUBECCA, SINO ALLA PACE DI MUNSTER, SEGUITA L’ANNO 1650 SCRITTE DAL CO: MAIOLINO BISANCCIONI GENTILHUOMO ORDINARIO DELLA CAMERA DEL RÈ CHRISTIANISSIMO, E SUO CAUALLIÈRE. E QVESTO VOLUME VIENE
AD ESSERE IN ORDINE LA QVARTA PARTE DELLE HISTORIE MEMORABILI DI ALESSANDRO ZILIOLI. ALL’ ILLUSTRISSIMO & ECCELLENTISSIMO SIG. PRENCIPE DI SATRIANO.
Venetia [Veneza]: Presso Il Turrini, 1653.
238 mm
[10], 549, [19] pp.

Junto com:

AVOGADRO, Giovanni Battista Birago (1634-1699)

DELLE HISTORIE MEMORABILI CHE CONTIENE LE SOLLEVATIONI DI STATO DEI NOSTRI TEMPI,
Venetia [Veneza]: Presso il Turrini, 1653
[14], 408, [2 br.] pp.

Encadernação coeva em pergaminho, corte das folhas tingido a verde. Pequeno trabalho de inseto na últimas cinco folhas, afetando ligeiramente o texto apenas na última folha. Nota manuscrita na primeira página em branco.

€ 450.00

Add to basket

Maiolino Bisaccioni foi um jurista, historiador e escritor nascido em Ferrara. Plurifacetado, foi paradoxalmente um mercenário e miliciano. Foi particularmente crítico de Tassoni [de Ferrara]. Delle Historie Memorabili de Nostri Tempi, sobre
as guerras da Alemanha revelou-se uma obra de grande popularidade e sucesso editorial, ancorada na narrativa historiográfica, mas permitindo ao autor cedências ao romance, à facilidade da narração de aventuras, tão ao gosto popular, revelndo uma habilidade consumada de narrador e um conhecimento (embora geral) amplo, atencioso, pontual e, por vezes em primeira mão, sobre eventos e personagens de seu tempo. Constitui igualmente uma continuação da obra de Alessandro Zilioli, publicada em Veneza entre 1652 e 1653.


Birago Avogadro distingiu-se na primeira metade do século XVII pelos seus conhecimentos de história e de jurisprudência. Nascido em Génova, publicou uma dura crítica contra o historiador Vittorio Siri, que estava ao serviço do rei de França. À semelhança de Bissaccioni, complementou a obra de Alessandro Zilioli. Neste volume da sua autoria, referem-se as revoluções da Catalunha, Portugal, Sicilia, Brasil, Inglaterra, Nápoles e França, revestindo-se essas referências de particular interesse para o período da Restauração.

Reservado

€ 450.00

Add to basket