AHLERS, Francisco Henrique

INSTRUCÇÃO SOBRE OS CORPOS CELESTES

INSTRUCÇÃO SOBRE OS CORPOS CELESTES, PRINCIPALMENTE SOBRE OS
COMETAS, POR FRANCISCO HENRIQUE AHLERS.
Lisboa: Na Officina de Miguel Manescal da Costa, 1758
220 mm
[1, 1br. 16], 86, [4] p., [3] f. il.
Brochado. Iniciais e vinhetas gravadas. Vinheta da dedicatória composta em torno
das armas de Portugal e consistindo numa alegoria à astronomia, assinada com as
iniciais do autor e aberta por Joanes Silv.; três gravuras de Jean Baptiste Michel Le
Bouteux, assinadas.
Página de rosto com oxidação e manchas, pequena falha de papel no canto superior
esquerdo, margens das folhas ligeiramente onduladas e não aparadas. Mancha de água
muito ténue no topo das folhas.

€ 480.00

Add to basket

A literatura sobre cometas foi importante
para a difusão da autoridade dos autores
modernos sobre a filosofia natural.
Integrados no quadro do Iluminismo e de
um entendimento distinto dos fenómenos
naturais, a Instrução sobre os Corpos
Celestes de Ahlers foi importante para
uma melhor compreensão dos autores
modernos. A obra de Ahlers traduz um
entendimento dos cometas e da gravitação
filiada na filosofia de Newton e foi
concluída em Outubro de 1757, mas porque
referia a possibilidade matemática do
embate de um cometa com o planeta Terra
só foi autorizada a sua publicação no ano
seguinte (P. Costa, H. Pinto, 2017). A par
de Pedegache e de Joaquim da Assunção
Velho, Ahlers foi um dos difusores das
teorias de Newton em Portugal.
A obra inclui uma tabela com uma
lista de cometas entre 1337 e 1698;
as três gravuras que a acompanham
representam os sistemas cósmicos de
Ptolomeu, Tycho Brahe e Copérnico.


Exemplares: Biblioteca Nacional de
Portugal.

€ 480.00

Add to basket